top of page
  • Foto do escritorMilena Medeiros

Mostra no Rio de Janeiro homenageia Ziraldo, que morreu neste sábado no Rio

Atualizado: 25 de mai.

Exposição sobre obras do criador do Menino Maluquinho abre portas para encontro de gerações no CCBB


Morreu neste sábado (6) no Rio de Janeiro, aos 91 anos, o cartunista e escritor Ziraldo. Desde 5 de março uma exposição no Centro Cultural do Banco do Brasil homenageia o autor mineiro, criador do Menino Maluquinho e muitos outros personagens. "Mundo Zira – Ziraldo Interativo” ficará em programação até o dia 13 de maio, com entrada gratuita e livre para todas as idades, uma visita imperdível.


Se por um lado, a mostra chama a atenção das crianças pelas cores e propostas interativas, por outro, toca no coração dos pais, que certamente cruzaram com alguma obra de Ziraldo na infância.


A exposição combina o universo da literatura do autor, povoado por personagens que são ícones de diferentes gerações de brasileiros, com a interação proporcionada pela tecnologia, íntima a muitas crianças de hoje em dia. No percurso, os visitantes entram no universo lúdico de Ziraldo em uma das novidades da exibição em relação a sua versão original, de Brasília: há um mini estúdio onde as pessoas conseguem se ver dentro e participar das histórias do autor. A curadoria é de Daniela Thomas, filha de Ziraldo, e Adriana Lins.


A vida do autor


Nascido no dia 24 de outubro de 1932 em Caratinga - MG,  Ziraldo Alves Pinto mostrava sua aptidão para o desenho desde criança: com apenas seis anos, teve sua primeira arte publicada no jornal Folha De Minas. Em 1954, começou a trabalhar na Folha de São Paulo, onde ilustrava uma coluna de humor. Pouco mais de cinco anos depois, Ziraldo lançou a primeira revista em quadrinhos colorida feita por um só autor, a "Pererê". A revista circulou até abril de 1964, quando foi suspensa pelo regime militar recém-instaurado no Brasil.

Nessa mesma época, o desenhista mineiro lançou os personagens "Supermãe",  "Mineirinho", e "Jeremias, o Bom".


Cinco anos depois, Ziraldo recebeu o Prêmio Nobel de Humor pela publicação e sucesso do lançamento do seu primeiro livro de literatura infantil, "Flicts", que contava a história de uma cor rara que não encontrava o seu lugar no arco-íris. Em 1980 ele publicou o livro "O Menino Maluquinho", uma de suas obras mais famosas, que mais tarde veio a ser inspiração para adaptações de HQ's, peças de teatro e longas no cinema. 


O cartunista teve várias de suas obras traduzidas para diferentes idiomas, como o inglês, francês e espanhol. Acumulando centenas de prêmios nacionais e internacionais, Ziraldo foi um dos maiores e mais aclamados escritores infantis do Brasil e marcou toda uma geração, deixando um forte legado.


A exibição 


O percurso do Mundo Zira  usa a tecnologia para estimular a criatividade e, principalmente, a leitura das crianças. Sucesso aos olhos infantis, a exibição também é uma experiência que mexe com os adultos.


A estrutura composta por grandes paineis projetados nos ambientes da exibição contribui ainda mais para que o visitante se sinta imerso no mundo de Ziraldo, onde ele pode se tornar, naquele momento, co-autor das obras do cartunista. "O mais interessante para as crianças foram essas partes onde elas podiam interagir com a exposição. Achei o máximo a maneira como o Mundo Zira prendeu a atenção deles. Superou as minhas expectativas ", disse Daniele Rodrigues, mãe de Rafael e Felipe, de 8 e 13 anos, que visitaram a exibição no dia 23 de março.


Apesar da maior intimidade dos adultos com as obras do cartunista mineiro, as crianças conseguem aproveitar e encontrar diversão no universo de Ziraldo. A tecnologia ajuda a conectar as grandes obras do autor com os jovens, ao mesmo tempo que eles têm suas capacidades cognitivas estimuladas. Nesse mesmo universo, seus pais resgatam figuras importantes de suas infâncias, como o famoso “Menino Maluquinho” e o “Pererê”.


“Quando pensamos na obra de Ziraldo, pensamos no prazer, no fascínio e na alegria que ele consegue transmitir com sua arte. Agora, nessa exposição, queremos ir além das páginas, sair do papel, recriando uma conversa com o seu acervo. Em Mundo Zira, livros, quadrinhos e personagens saem das páginas e ganham novas dinâmicas pelas mãos dos visitantes”, afirmou a filha mais velha de Ziraldo, Daniela Thomas, em entrevista à Agencia Brasil


Mundo Zira nas Redes


Desde que foi aberta ao público, no dia 5 de março, a exposição ganhou a atenção dos produtores de conteúdo carioca, que rapidamente já compartilharam sobre suas experiências no Instagram e no TikTok. Os vídeos mostram o percurso da exibição e conseguimos ver o quão interativo é o projeto, além de demonstrar que o Mundo Zira é um programa para todas as idades.







Informações sobre Mundo Zira - Ziraldo Interativo


Local: Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Endereço: Rua Primeiro de Março, nº 66 – 4º andar – Centro, Rio de Janeiro/RJ

Período: 05 de março a 13 de maio de 2024

Funcionamento: De quarta a segunda, de 9h às 20h

Ingressos aqui


Comments


bottom of page