top of page
  • Foto do escritorMilena Medeiros

Orgulho LGBTQIAPN+: hoje é dia de celebrar

Atualizado: 3 de jul.

Conheça a programação especial para comemorar o 28 de junho; Cidade das Artes oferece debates e shows 


Neste 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAPN+, acontece uma programação especial oferecida em todo o Rio de Janeiro para celebrar a data. A Cidade das Artes, na Zona Oeste do Rio, contou com uma programação toda dedicada ao tema. O evento teve apoio da Prefeitura do Rio, da Secretaria Municipal de Cultura, e do Rio Capital G20. 


A advogada Tânia Nigri participou do evento para debater os direitos conquistados pela comunidade nos últimos anos. Formada em Direito pela UERJ, Tânia, escritora e psicanalista de 57 anos, é mestre em Direito da Família e traz ao debate questões como adoção, herança, casamento, Lei Maria da Penha para mulheres trans, entre muitas outras pautas do universo LGBTQIAPN+.


“Esse encontro é extremamente importante para a gente poder informar os direitos aos seus principais destinatários, que por muitas vezes, os desconhecem”, afirmou a advogada ao Rampas.


A advogada acredita que o Dia do Orgulho deve celebrar cada árdua conquista de direitos pela comunidade LGBTQIAPN +, que sofre há séculos. O papo com a advogada rolou hoje às 16h30, na sala de leitura da Cidade das Artes com entrada gratuita. A conversa também foi transmitida ao vivo pelo Instagram da Cidade das Artes.


Hoje, a partir das 20h, a cantora AZULA apresentará o seu show "Memórias de travesti" influenciada pelo Jazz e R & B mesclado com ritmos brasileiros. Os ingressos estão disponíveis na plataforma Sympla e no site do Cidade das Artes, variando entre R$20,00 e R$50,00


Robson Camilo, diretor executivo da Cidade das Artes, falou ao Rampas da importância de celebrar a data num equipamento público.  "Aqui a tônica da diversidade se faz presente durante todo o ano, e é mais que natural e importante firmarmos nesta data uma programação dedicada à temática. As portas da Cidade das Artes estão totalmente abertas para a diversidade e a comunidade LGBTQIA +." ele afirma.


Dentro da população LGBT do Rio, existem milhares de pessoas que vivem em comunidades e não têm acesso a esse tipo de evento. É nesse sentido que Robson ressalta a política de formação de plateia da instituição, além de destacar a importância da criação do edital de cessão de pauta para que as entidades de cunho social possam se inscrever e participar dos projetos de inclusão nos espetáculos na Cidade das Artes. A cantora AZULA, protagonista do show da noite, chegou até a curadoria da Cidade das Artes por meio do edital e teve seu projeto habilitado a ocupar um dos teatros da organização. A inscrição para o edital pode ser feita no site da Prefeitura durante o ano todo.


O Rio de Janeiro está colorido


Além desse evento, outros irão celebrar a pluralidade nas ruas do Centro do Rio de Janeiro. O Mercado Mundo LGBTI+, realizado pela Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual da Prefeitura do Rio (CEDS Rio) em parceria com o Sebrae, reunirá mais de 30 empreendedores, que irão expor seus produtos e serviços no sábado e no domingo, de 10h às 17h, na Praça Mauá.


O Sambay, a primeira roda de samba LGBTQIA+, se apresentará hoje (28), a partir das 21h no Circo Voador, contando com a presença de convidados como Preta Gil e Marvvila. Os ingressos estão disponíveis na plataforma eventim, na faixa dos R$ 70,00.



Opmerkingen


bottom of page